Página:
  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. 4
  5. 5
Publicado em Jornal da Alice Por Alice Schuch
14/05/2019 09:59
Se você é uma mente brilhante, possui os assim chamados dotes de protagonismo, carisma e liderança, isto não significa, por esse fato, que você seja sábia potente e racional. Um sujeito que possui dotes superiores, recebeu mais da vida do que os outros e tem por isso necessidade de um alto exercício crítico de consciência, para responsabilizar-se sobre o seu valor.
Saiba Mais
Publicado em Jornal da Alice Por Alice Schuch
14/05/2019 09:56
O prazer de viver e de estar realmente bem cresce nas conquistas. "Então vença" é a sugestão da escritora Alice Schuch. "A essência permanece e precisa ser burilada ao longo da vida. Desenvolva um estilo pessoal, a ideia é ganhar mais de você! Moderna? Exuberante? Intelectual? Esportiva? Clássica? Cada estilo de inteligência tem um modo, descobri-lo é o desafio", diz.
Saiba Mais
Publicado em Jornal da Alice Por Alice Schuch
14/05/2019 09:51
A psicóloga argentina Clara Coria escreve que postergar o prazer com a intenção de responder a uma imagem idealizada do sacrifício é uma forma de "civilizada mutilação". Seria, segundo a autora, como colocar-se no freezer para uma melhor ocasião, que talvez não chegue a apresentar-se porque algum "corte de luz" poderia arruinar as expectativas planejadas.
Saiba Mais
Publicado em Jornal da Alice Por Alice Schuch
14/05/2019 09:49
Não creio em absoluto que todo o mundo está destinado ao protagonismo e nem que tenha obrigação de fazê-lo. Aquilo que sim, creio, é que se falamos de êxito, seu maior lucro (retorno) consiste em protagoniza-lo e em segundo lugar em desfrutar dos benefícios que depara. Escreve a psicóloga argentina Clara Coria na obra Los laberintos del exito.
Saiba Mais
Publicado em Jornal da Alice Por Alice Schuch
14/05/2019 09:47
A escritora asiática Rokeya Sakhawat Hossain entendia que o empenho para que todas as meninas acedessem a educação seria passo indispensável para a emancipação das mulheres. Com tal propósito escreveu textos no formato de ensaios, publicados em jornais, sendo que a sua obra mais importante foi "O Sonho da Sultana".
Saiba Mais
Publicado em Jornal da Alice Por Alice Schuch
14/05/2019 09:41
Para nós, mulheres, olhar vitrines de certas lojas pode ser uma grande diversão, ver todas aquelas belas coisas traz um tremendo prazer, porém não nos basta nem mesmo quando as podemos adquirir.
Saiba Mais
Publicado em Jornal da Alice Por Alice Schuch
14/05/2019 09:38
Tantas vezes encontramos meninas generosamente gratificadas pela vida e plenas de borbulhante vigor em ambientes pesados, escuros, contextos onde não há transparência, onde cedo ou tarde termina-se mal.
Saiba Mais
Publicado em Jornal da Alice Por Alice Schuch
14/05/2019 09:34
Também neste artigo em primeira linha estão as mulheres. A tarefa não é salvar a vida, mas a nós mesmas. Se o fazemos somos felizes. Lê-se na obra Feminilidade como sexo, poder e graça que as mulheres sofrem não pelo mal que fazem a outros, mas por contrariar seu projeto de natureza.
Saiba Mais
Publicado em Jornal da Alice Por Alice Schuch
14/05/2019 09:31
Ao pesquisar em grandes autoras e autores para a consecução da minha tese de doutorado apresentada e provada com grau excelente no recente dia 10 de outubro, me deparo com afirmações como: existe uma profunda dicotomia entre ser e fazer, querer e agir que leva as mulheres a um estresse constante e faz com que todas, no fundo de si mesmas, sintam, de alguma medida, frustração, estresse e medo.
Saiba Mais
Publicado em Jornal da Alice Por Alice Schuch
14/05/2019 09:28
Depois de anos de pesquisa sobre grandiosa e borbulhante inteligência ao feminino, cujo ápice foi minha recente defesa de tese de doutorado, concordo tranquilamente com a Dra. Marcela Lagarde quando pontua que não se deve julgar nem acusar os homens por serem a causa direta dos males femininos e nem tampouco de maneira exclusiva de mantê-las servis.
Saiba Mais
Publicado em Jornal da Alice Por Alice Schuch
13/05/2019 16:24
A feminilidade atual convive com o tempo e não é obscurecida pela maturidade, ao invés, resplandece, iluminada por uma luz que transcende os modelos do passado. As mulheres modernas intensificam sua posição e escolhem: votar ou ser votada, patroa ou funcionária, empresária, sócia ou parceira, cientista ou militar: exército, marinha, aeronáutica abrem-se como possibilidades para as mulheres. A feminização do magistério evidencia ainda que a educação da juventude é comandada por mulheres e tantos organismos nacionais e internacionais demonstram interessar-se pelo tema.
Saiba Mais
Publicado em Jornal da Alice Por Alice Schuch
23/04/2019 10:15

Há alguns anos eu participava de um grande evento internacional de business em Los Angeles USA, comigo, uma amiga belga entre tantos convidados europeus.

Em determinado momento da programação foi anunciada uma conferência sobre rejuvenescimento, estética, beleza e saúde da mulher moderna. Entusiasmadíssimas, desejando adentrar nos segredos do mundo das estrelas de cinema, nos dirigimos ao local indicado.

Saiba Mais
Página:
  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. 4
  5. 5